aparelho estético

Os diferentes tipos de aparelho estético

Procurar mais informações sobre aparelho estético é algo bastante indicado para quem suspeita que terá que fazer um tratamento desses ou já teve tal necessidade diagnosticada pelo dentista. Muitos que precisam desse tipo de tratamento sofrem bastante com a aparência desconfortável do aparelho, principalmente por causa de sua aparência metálica.

Nesse sentido, o uso de aparelho estético é algo que pode facilitar bastante o processo para essas pessoas, visto que existem opções para deixá-lo com uma estrutura mais simples, ser de coloração parecida com a dos dentes para camuflá-lo ou até mesmo colocá-lo do lado de dentro dos dentes!

De qualquer forma, todos os tipos de aparelho estético desempenham o mesmo processo que os aparelhos convencionais, sendo indicados para todo tipo de paciente para corrigir problemas de má oclusão dental e de alinhamento dos dentes.

Como funciona o aparelho estético

O funcionamento do aparelho estético é com estruturas denominadas bráquetes, uma para cada dente que são tensionadas por arcos de metal (na maioria dos casos) muito parecidos com arames. Os arcos aplicam a força necessária para lentamente reposicionar os dentes na posição correta planejada pelo dentista.

Nos aparelhos comuns, ambas estruturas são ligadas pelas borrachinhas, que podem ser ou não coloridas. No caso do aparelho estético, esse tipo de estrutura é dispensada e é feito com bráquetes que se ligam diretamente aos arcos. Alguns dos tipos de aparelhos considerados estéticos são:

  • Auto-ligado;
  • Safira;
  • Porcelana;
  • Lingual.

Se adaptando ao aparelho estético

Usar aparelho exige alguns cuidados além de obedecer o cronograma de visitas ao dentista para manutenção do aparelho. É necessário trocar os arcos periodicamente conforme o paciente vá progredindo no tratamento, além da higienização profissional do aparelho.

Nesse sentido, é necessário que o paciente também adote alguns cuidados no seu dia a dia para que o aparelho estético seja conservado de forma correta e bactérias não sejam acumuladas nesse período. Essencialmente, o paciente precisa higienizar o céu da boca e o aparelho após cada refeição, evitando alimentos excessivamente duros, pegajosos e desfiados. Caso o aparelho se danifique, um dentista deve ser procurado em caráter emergencial para fazer o reparo corretamente.


Regiões onde a Consulta Ideal atende aparelho estético:


Principais cidades e regiões do Brasil onde a Consulta Ideal atende aparelho estético: